A solidão não é falta de amor

domingo, janeiro 03, 2016
large (2)

Desapegar quando se está apaixonado é uma coisa bem difícil. Desapegar de qualquer coisa que gostamos, ou nos acomodamos é uma tarefa que nos exige esforço e não acontece da noite para o dia. É um processo demorado. Mas, o primeiro passo para conseguir alcançar o tão famoso desapego é acreditar que tal situação não vale a pena. Aquele velho clichê de que você merece mais. Mas e quando você não percebe ou percebe e mesmo assim aceita, a situação piora. O desapego para uma mulher desse tipo é quase impossível de conseguir.

Existem mulheres que simplesmente não conseguem viver sozinhas. Preferem estar com alguém que não preste a ser a solteira da família. Aquela que "vai ficar pra titia". Com isso, elas se relacionam com os piores tipos de caras que podem existir. O problema é que, quando o homem não presta, e você já o conheceu assim, é impossível fazê-lo mudar. Mulheres acham que podem mudar os homens, que são a que faltava na vida deles pra eles saberem qual o caminho certo, acham que podem consertá-los.

Amiga, sinto te dizer mas isso é impossível. Isso apenas não existe. Se o cara nasceu cachorro, vai morrer cachorro. Se um cara já traiu as ex-namoradas dele, por que ele não iria te trair? Por mais que você seja a melhor namorada do mundo,  se ele quiser, ele vai te trair. Aliás, não seja esse tipo de mulher. Os homens não dão valor. Claro, eles vão se casar com você, pois você é a mulher que ele escolheu para apresentar para a família, cozinhar com a mãe dele e ser mãe dos seus filhos, mas mesmo assim ele não vai te dá valor. Porque mulheres assim, convencionais e que de uma certa forma, se submetem a todas as vontades dos parceiros não são valorizadas. É fácil demais. É cômodo demais.

Você quer sempre abaixar a cabeça e fazer o que não quer, só para agradar alguém que possivelmente não está se importando com as suas opiniões? Aprenda que aquele velho ditado será sempre válido: antes só do que mal - acompanhado. A solidão nesses casos não é falta de amor, é amor próprio. Aprenda!

0 comentários:

Postar um comentário