Eu não quero um amor que fica

quinta-feira, março 24, 2016



Então ele vem por uma notificação, sempre desapegado, como quem não quer nada na vida, não quer nada com ninguém, louco. Me conta uma parte de sua vida, me faz rir, me faz chorar na mesma hora, e vai. As vezes fica. Quase nunca. Vai e leva meu coração com ele.

Aí o outro aparece. Sempre tão cheio de si, com ironias e uma inteligência tão surpreendente para a sua pouca idade. Vem, me envolve, conversa e depois vai. Vai e leva meu coração com ele. O outro me quer ali, na hora: me tem, me encanta, querendo outro. Sempre na hora, sempre rápido e intenso. Sempre olhando pra outro. Então ele me larga e vai. Vai e leva meu coração com ele.

Tem sempre aquele que passa por mim, mas nem sabe que eu existo. Ou eu tento um flerte ou dois, talvez apenas rio. Olho nos olhos. Converso um pouco, o beijo. Então ele vai. Vai e leva meu coração com ele.

Os amores da minha vida estão sempre chegando, indo e voltando. São amores estranhos, instantâneos, mas intensos. Eu não quero que eles fiquem. Eu não preciso que fiquem. E não quero um só. Quero vários. Quero distração. Quero ficar eufórica e com raiva na mesma hora. Quero tudo e que acabe rápido, para talvez recomeçar depois. Ou não.

Eu não quero um amor que fica. Eu não quero um único amor. Eu não quero alguém que eu sei que vou ver sábado numa hora combinada. E fazer coisas que todo mundo faz. Eu quero ele, morando longe, e os planos desajustados de viajar para conhecê-lo. Eu quero ele, que eu nunca sei se está falando sério sobre me querer, ou fazendo hora com a minha cara. É empolgante não ter a certeza de nada. É empolgante a sensação de uma loucura inocente. Eu quero ele, porque ele quer outro.  Eu quero ele apenas naquela hora. Livre. Sem preconceitos. Eu quero ele e o outro. Quero a sensação do proibido, das reações confusas. Das surpresas que cada vez ele me traz. Eu quero ele, sem ao menos saber quem eu sou, quero ele para andar pelas ruas esperando o encontrar ou não. Quero que ele passe por mim e eu não o veja, por querer mais uma vez, outro.

Eu não quero um amor que fica. Eu quero vários amores, amores que vão e levam meu coração com eles. Eu quero um amor que vai. Porque o amor que fica você não deposita em um único alguém. Você deposita em si mesma.

You Might Also Like

0 comentários

Youtube

Instagram