HIPOCRITA, SIM VOCÊ É

sexta-feira, junho 10, 2016

Esse é apenas um daqueles momentos em que chego da faculdade estressada, seja por um estranho que me incomoda ou por pessoas que agem como hipócritas, apenas por serem iguais. Pensei muito antes de escrever sobre isso, mas que se dane a lógica, vou escrever mesmo assim.

Estou cansada, estressada, cansada desse povo que muito fala e pouco faz. Nesse momento me sinto em uma hipnose em que meus olhos não saem da tela do computador e ignoro as pessoas ao meu redor a admirar minha vidração. Me perco por um momento e volto a absorção. Ao som de Lana Del Rey escrevo para que as pessoas que leem meus textos entendam este momento.

Eu necessito desabafar antes que eu desabe. É apenas por isso que eu escrevo. Meus fones estão no ouvido, não necessito de escutar o mundo exterior. Cansei. Me fez pensar. A sociedade nos cria para a comunicação e é HIPÓCRITA quanto aos seus termos e limites para fazê-lo. Porque a ala direita é mais excluída do que a esquerda? Porque quando os professores pregam as diferenças eles não conseguem compreender que os alunos o são e que eles devem respeitar estas educando-os para sobreviver com elas e não superá-las?

Mudei. Vou mudar. É teste. Quero ver se dá certo. Longe. Calada. Pois a sociedade te molda para a comunicação, mas a poda. Esta é a reflexão da noite. Estes são apenas meus pensamentos, estes que obtenho enquanto digito freneticamente vidrada em uma tela qualquer, escrevendo para que possa me libertar de sentimentos presos e para que possa dizer que:

Ás vezes você está errada até quando está certa.
Ás vezes você está errada até calada.
Ás vezes ser você é estar errado.
Ás vezes eles pregam as diferenças, mas nunca aprenderam a aceitá-las.
Ás vezes quero pedir licença.
Ás vezes apenas quero ignorá-los e gritar: BANDO DE FALSOS, HIPÓCRITAS, sim vocês são.

You Might Also Like

0 comentários

Youtube

Instagram