PERDI NO MEU PRÓPRIO JOGO

terça-feira, janeiro 17, 2017

Te conheci tanto em tão pouco tempo e cada vez que mais sei sobre você mais me arrependo por tudo que aconteceu entre nós. Seus amigos me contaram sobre você, sua família também, você é exatamente melhor do que tudo que eu imaginei.

Amo cada vez que você encosta e brinca comigo.
Amo cada vez que você chega e me morde.
Amo cada vez que você me rodou.
Amo cada vez que você fez pirraça.

Amo seu olhar.
Seus lábios.
Seu cabelo, até ele.
Suas costas.

Amo o jeito como se senta e coloca o pé sob o meu colo.
Amo o jeito como diz que te conheço.
Amo o jeito como fala sobre mim para suas amigas.
Amo o jeito como você encosta como quem nada quer.

Amo o jeito como você simplesmente se deita ao meu lado.
Amo o jeito como eu nunca deixei de te amar.
Amo o jeito como anseio por você.
Mas odeio seu espaço.

Odeio o quanto você precisa respirar.
Odeio quando não posso te mandar mensagem por que tenho que te dar espaço.
Odeio quando a cada vibrar do celular meu coração se acelera a espera de sua mensagem.
Odeio quando meu dia já não é o mesmo sem você.

Odeio como você fez meu ano diferente.
Odeio como não consigo ir embora sem você.
Odeio a forma como choro ao me sentir indiferente.
Odeio a forma como não sei o que você quer ao certo.

Mas, quer saber o que sei?
Eu sei que te quero.
Hoje.
Agora.
Amanhã de manhã e de noite também.

Te quero a cada mensagem.
A cada momento.
Eu apenas te quero.
E já não sei mais fingir que não perdi no meu próprio jogo.

0 comentários:

Postar um comentário