Eu jurei que jamais diria isso pra alguém. Mas é que...

domingo, setembro 17, 2017

A gente precisa conversar
A gente precisa conversar sobre a gente
Sobre o que eu tô fazendo com você
Eu jurei que jamais diria isso pra alguém
Mas é que... Eu me corto
É... Eu me corto
Eu me automutilo

Isso não é falta de Deus
Eu sei que não é
E sabe o que eu mais odeio nisso?
É a mentira
Eu minto o tempo todo
Eu tenho que mentir pra todo mundo
Pro meu pai, pra minha mãe, pro pessoal da faculdade
E o pior é que no calor, eu tenho que usar aquelas malditas blusas de frio
Pra tampar o pulso,
E ninguém vê o que eu estou fazendo com você

Isso não tem a ver com o término do meu namoro
Ou com meu pai não me dar o mínimo de atenção
Tem a ver comigo
Tem a ver com o meu vazio
Com a minha ausência
Ninguém é tão cheio que não precise ser preenchido
Não é mesmo?

É por isso que elas me ajudam
Elas são minhas únicas amigas no momento
A gilete, o gelo junto com o sal, pra queimar mais rápido
Elas aliviam a minha dor
Naquele momento
Porque depois,
Eu volto a fazer tudo de novo

Não, isso não é um manual de instruções de como se cortar
Estou falando de mim
Da minha relação com isso
Afinal, cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é

Meu corpo que ninguém vê
Está todo marcado, todo vermelho
E o mais engraçado, é que eu sei o que cada marca significa
Cada uma delas

Senhoras e senhores,
Fiquem agora com mais um espetáculo do nosso circo de horrores
Ela se corta... Acreditem ou não! Bizarro!

Texto cedido pela autora
Assinado por Nayara Oliveira

0 comentários:

Postar um comentário