sábado, janeiro 30, 2016

# #Feelings

Era ele. - Parte III




Ela ainda estava deitada no sofá, fingindo estar dormindo, só para sentir aquela eletricidade gostosa que nunca tinha sentido com ninguém. "Eu sei que você está acordada.'' Era ele. Apenas riu. "Eu não vou sair daqui nunca mais. "

Ficaram ali na mesma posição conversando sobre coisas banais, inclusive o seriado idiota que ele insistia para ela assistir. Ele era o mesmo. As vezes ele acariciava suas coxas, outras vezes massageava os seus pés, mas nunca tirava as mãos do corpo dela. Então ela se apaixonou de novo.

A tensão no ar era cada vez maior.  Enquanto ele falava, falava, ela só pensava em beijá-lo. Senti-lo. Esperou tempo demais pra isso. Ela estava enlouquecendo. Não tinha nem um dia que tinham se visto, mas tinha muito tempo que ela o queria. E auto controle não era muito seu forte.

Enquanto ele falava, ela segurou as mãos que estavam em suas coxas. Então ele se olharam. Foi os três segundos mais demorados da sua vida. O segundo seguinte foi um borrāo. Ela estava no colo dele. As mãos dele em suas costas, as dela no cabelo dele. Os olhos de ambos focados na boca um do outro. Ele a mordeu nos dois lados do pescoço, beijou carinhosamente o seu rosto, e quando chegou a vez da boca, ele a matou. Ou a beijou.

Seu coração não conseguiu suportar aquele beijo. Aquele beijo com um carinho desenfreado e ... fúria? Uma conexão instantânea e maravilhosa entre duas bocas que pareciam se conhecer há anos.  Era como se naquele beijo eles descontassem todos os desejos reprimidos pela distância que os separavam. Então ela se apaixonou de novo. E dessa vez não tinha mais volta. Ela estava perdida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow Us @forwhatperola